quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Corações Separados

Mesmo com os corações separados,
estamos sempre amarrados,
conectados.
Mesmo longe,
estamos perto.
Quando perto,
não resisto.
Quando longe,
sorrindo.
E sorrindo,
choro.
E chorando,
sorrio.
E sorrio,
chorando sem saber,
se ainda amo você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário